O melhor do entretenimento e cultura pop, na medida certa

Estreias da Semana – 7 de Setembro

— O LEGADO BOURNE —

Inspirado nos livros de Robert LudlumO Legado Bourne traz uma história totalmente original que envolve o universo do personagem Jason Bourne – interpretado por Matt Damon nos três primeiros filmes da franquia. A trama gira em torno do agente Aaron Cross (Jeremy Renner), que passou pelo mesmo tipo de recrutamento de Bourne no misterioso programa conhecido como Treadstone. Escrito e dirigido por Tony Gilroy, o longa conta com as presenças de Rachel Weisz, Edward Norton, Oscar Isaac, Joan Allen e Albert Finney no elenco.

 

— ABRAHAM LINCOLN: CAÇADOR DE VAMPIROS —

Nancy Lincoln (Robin McLeavy) é a mãe do presidente Abraham Lincoln (Benjamin Walker) e foi assassinada por uma criatura sobrenatural. Incorfomado com o fato, ele declara uma guerra sem piedade contra os seres das trevas e começa a destruir todos os vampiros e os escravos que os ajudam. Dirigido por Timur Bekmambetov e estrelado por Benjamin Walker, Dominic Cooper e Mary Elizabeth Winstead.

 

— PARANORMAN —

Norman Babcock (Kodi Smit-McPhee) é um garoto que consegue ver e falar com os mortos. Entretanto, o único que acredita em suas habilidades é Neil, um amigo excêntrico. Um dia, o tio de Norman conta sobre um importante ritual anual realizado na cidade, com o objetivo de protegê-la de uma maldição jogada por uma bruxa séculos atrás. Norman resolve ajudar no ritual, mas as coisas não saem como planejado e uma nuvem mágica faz com que os mortos se levantem das tumbas da cidade. Com Anna Kendrick, Casey Affleck e Christopher Mintz-Plasse. A direção é de Sam Fell e Chris Butler.

 

— COSMÓPOLIS —

A cidade de Nova Iorque está em tumulto e a era do capitalismo está chegando ao fim. Uma visita do presidente dos Estados Unidos paralisa Manhattan e Eric Packer (Robert Pattinson), o menino de ouro do mundo financeiro, tenta chegar ao outro lado da cidade para cortar o cabelo. Durante o dia, ele observa o caos e percebe, impotente, o colapso do seu império. Packer vive as 24 horas mais importantes da sua vida e está certo de que alguém está prestes a assassiná-lo. Com Juliette Binoche, Sarah Gordon, Jay Baruchel, Kevin Durand, Emily Hampshire e Mathieu Amalric. A direção é de David Cronenberg.

 

— TOTALMENTE INOCENTES —

Da Fé (Lucas d’Jesus) é perdidamente apaixonado por Gildinha (Mariana Rios), irmã de Bracinho (Gleison Silva), seu melhor amigo. Ele sonha em conquistá-la, apesar da concorrência com Do Morro (Fábio Porchat), o novo dono do DDC, que assumiu o posto após entregar a Diaba Loira (Kiko Mascarenhas) para a polícia. Para impressionar Gildinha, Da Fé resolve entrar para o mundo do crime. Paralelamente, ela tenta conseguir com Do Morro uma entrevista exclusiva para Wanderlei (Fábio Assunção), que trabalha com ela na revista Taras & Tiros. A direção é de Rodrigo Bittencourt.

 

— OS INFIÉIS —

A infidelidade masculina analisada a partir do ponto de vista de sete diretores: Michel HazanaviciusGilles Lellouche, o ganhador do Oscar Jean DujardinEmmanuelle BercotFred CavayéEric Lartigau e Alexandre Courtès. Cada um deles é responsável por uma esquete, que passa por uma conferência de hotel e também um grupo de apoio para viciados em sexo.

 

— PROJETO DINOSSAURO —

Em plena África, uma equipe de filmagens realiza uma expedição exploratória. Quando estão chegando ao Congo eles são surpreendidos ao encontrar uma boa variedade de espécies de dinossauros, que deveriam estar extintos há 65 milhões de anos. Só que o tempo fez com que os próprios dinossauros amadurecessem, fazendo com que eles se tornassem ainda mais perigosos para a equipe que os descobriu. Com Natasha Loring, Matt Kane, Richard Dillane e Peter Brook. A direção é de Sid Bennett.

 

— O MONGE —

Uma criança é abandonada na escadaria do mosteiro dos Capuchinhos, no século XVII, na Espanha. Ela cresce seguindo os costumes dos monges e torna-se um dos mais importantes pregadores da fé. Ao mesmo tempo que seus discursos encantavam multidões, internamente, a fama e o “poder” de Ambrósio (Vincent Cassel) causavam uma relativa inveja entre seus pares. Seguro quanto as tentações e os poderes do Diabo, ele enfrenta a discordância para acolher Valério (Déborah François), vítima de um acidente, na instituição. Enquanto eventos misteriosos começam a acontecer no local, ele descobre que o jovem, que protege o rosto mutilado com uma máscara, tem o dom de aliviar a dor. Juntos, eles acabam formando uma sinistra parceria que mudará para sempre as suas vidas.

 

— CARA OU COROA —

São Paulo, inverno de 1971. João Pedro (Emílio de Mello) é um diretor de teatro que está bastante atarefado com os ensaios para uma nova peça. Nas folgas do trabalho ele recebe ocasionalmente a visita de um integrante do Partido Comunista, que não compreende as opções estéticas e políticas da peça, parcialmente financiada pelo partido. Paralelamente, Getúlio (Geraldo Rodrigues) e a namorada Lilian (Júlia Ianina), ambos idealistas, decidem colaborar com a resistência à ditadura militar, abrigando dois fugitivos. Eles decidem escondê-los na casa do avô (Walmor Chagas) de Lilian, um militar da reserva. A direção é de Ugo Giorgetti.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s